Amor próprio

comecei a perceber que eu encontrava

beleza em tudo a minha volta,

menos em mim mesma.

que eu me criticava sempre

e era mais compreensível com os outros

do que comigo mesma.

então eu decidi me olhar no espelho

e não focar somente em meus defeitos

e ver-me como um todo,

ver essa incrível obra prima

que é meu corpo

como um todo.

essa obra prima,

com a pele manchada e irritada,

com os cabelos rebeldes ao vento,

que não é linda apesar disso,

mas por causa disso.

abrace a sua própria obra prima,

reconheça que ela não é perfeita,

mas ela é incrível e mágica.

o amor próprio precisa ser trabalhado

todos os dias.

a cada dia, ache um novo jeito

de se amar.

acabe essa guerra.

você é o único que saí ferido dela.

-por hoje, eu me amo. e isso já é o suficiente.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s